Blog - INTERNA

Hipertrofia, você pode estar fazendo isso errado!

01/12/2016

Na academia há vários tipos de perfis, por exemplo: há aqueles que buscam um ganho de massa muscular em conjunto para fins diversos – seja para redefinição do corpo, para melhora da autoestima ou até para aqueles apaixonados no aumento progressivo de massa magra. No entanto, o caminho até a hipertrofia é bastante delicado, se não realizado os métodos de obtenção de massa corretamente, todo esforço será em vão, ou seu processo será muito mais lento, fazendo com que sua meta de corpo ideal esteja muito longe de ser alcançada.

 

Talvez você se enquadre nesse caso e é daqueles que se esforçam, dá tudo de si há meses, mas não vê muito progresso em seu corpo nas avaliações mensais. Bom, alguma coisa está errada e vamos esclarecer de forma objetiva e abrangente as 3 das principais causas que interferem nos resultados almejados na obtenção de massa muscular. Confira:

1° Movimentos

A amplitude e o ritmo de movimentos (cadência) é o ponto de partida no processo de aumento dos tecidos musculares. Há pessoas que fazem o máximo de força e movimentos, levantam cargas exorbitantes (além do que seu corpo está acostumado) pensando que assim o processo será adiantado e haverá mais ganho de massa. Em decorrência disso, muitos não suportam a carga e acabam realizando movimentos errados, numa posição errada e com uma velocidade maior durante as repetições.
Há um período de tempo em que as fibras musculares e articulações precisam para se acostumar com as cargas, tipos de movimentos e repetições. Por isso, é importante respeitar esse tempo e progredir conforme seu corpo corresponda aos estímulos. As cargas se incluem nesse progresso e a mudança de treinos periodicamente são fundamentais para a obtenção de massa.

Portanto, conforme fora pré-estabelecido por seu treinador, execute os movimentos conforme o orientado. Treine com atenção, investindo perfeição nos movimentos realizados durante cada série em seu treino.

2° Alimentação

É comum que, na grande parte daqueles que recentemente aderiram ao ritmo de vida nas academias ou daqueles que frequentam apenas quando sobra um tempinho no tão concorrido tempo do seu dia-a-dia, se pense que a alimentação é menos importante que a rotina de treinos. Muitos têm em mente que o fator “alimentação” é fundamental, porém não conseguem aderir à dieta correta para seu objetivo achando que já está de bom tamanho apenas a frequência de exercícios ao ir para a academia.


Aquela velha frase “Bom, é melhor que eu não estar fazendo nada”. Com certeza a prática da atividade física contribui para uma vida com mais qualidade quando o assunto é saúde. No entanto, quando se trata de aumento de massa e tonificação muscular, a inconstância de treinos e uma alimentação desregulada e incompatível ao objetivo torna o caminho das pedras ainda mais distante até o corpo almejado.

Portanto, o auxílio de um profissional no ramo nutricional é essencial para a nutrição correta do seu organismo no processo de reposição de nutrientes e fornecimento de energia para a rotina de treinos e claro, as demais horas do dia que são essenciais para a reparação das fibras musculares.

Somente uma alimentação correta te proporcionará uma hipertrofia desejada sem deixar acumulada aquelas indesejadas “gordurinhas localizadas” que tanto atrapalham a definição dos músculos obtidos.

3° Descanso

Nem sempre o “quanto mais melhor” retribui o efeito esperado. Assim como o passo anterior, o período de repouso é fundamental para o processo de hipertrofia. É durante esse momento em que você escolhe para repor as energias de todo o esforço feito durante um dia exaustivo e os intervalos de treinos para cada grupo muscular durante a semana, que as fibras lesionadas durante o processo de musculação são reparadas e as proteínas e nutrientes perdidos, repostos.

Por isso, esqueça o excesso e reserve pelo menos aquelas essenciais oito horas de sono por dia para que seu corpo repare os danos causados pelos movimentos realizados em seu treino.

Obs.: Sabemos que muitos não possuem o privilégio de dormir essa quantidade de horas, mas isso não é desculpa para levar os treinos e dieta “com a barriga”. Foque em seu objetivo e continue a seguir sua meta, tentando sempre tirar períodos diários de descanso, quando possível.

Bom, se esta matéria foi útil e te ajudou de alguma forma na sua jornada em busca daquele tão sonhado corpo, leia também um material mais abrangente que preparamos para aqueles que querem ganhar massa muscular durante o processo de emagrecimento. O 15 passos da redução de peso até a hipertrofia é um e-book que ajudará você que deseja emagrecer, mas se sente impotente por pensar que a meta é impossível e que nunca chegará àquele corpo durinho que sempre sonhou.

Clique  abaixo e receba gratuitamente e-book que te ajudará a chegar lá!